.

Projetos

A POESIA MARCANTE DE JORGE DE LIMA:
QUATRO FASES DE UMA MESMA POÉTICA






FLÁVIO MELLO





Áreas de: ESCRITA CRIATIVA / LITERATURA

Ementa: Vida e obra (panorama), linguagem, estética, contexto histórico e discurso.

Conteúdo programático: Apresentação – introdução; vida e obra do poeta alagoano, noção de seu texto poético; descrição, narração; leitura e interpretação: narrativas e poesias; textos e as funções de linguagem e imagem; características lingüísticas de alguns textos; exercícios complementares.

1. Vida e obra

a. Conceitos;
b. Diferenças e semelhanças na estrutura poética.


2. A linguagem

a. A linguagem poética;
b. A imagem;
c. Interpretação de texto.



3. O discurso

Apresentação da proposta:

Esta Oficina tem como intuito levar o aluno (professor) a conhecer um pouco mais o universo literário de uma das mais importantes faces da literatura nacional – Jorge de Lima. Através de alguns de seus poemas, induzindo o aluno à leitura e à compreensão de diferentes recursos interpretativos; exercício de escrita; a utilização da fotografia como forma de interpretação e a leitura como ferramenta analítica.

Tema da Oficina:

A poesia marcante de Jorge de Lima: três fases de uma mesma poética. Utilização de diferentes poemas que marcam a passagem do autor por diferentes estéticas literárias, como: Parnasianismo Ortodoxo, Modernismo Liberal, o Poema em Cristo, a linguagem católico militante, e, a última, Poesia pela poesia, ou o barroquismo intelectual.

1. Conteúdo

Biografia: um pouco sobre o autor;
Obra: leituras de trechos do livro;
Contextualizar autor e época que viveu;
Estética: abordagens de aspectos pessoais do autor na obra.

2. Justificativa

Esse trabalho tem como base a preocupação de levar ao aluno, diferentes processos de discernimento sobre a literatura. A leitura do livro em sala de aula, audições, a apresentação de fotos contribuirá para a formação intelectual do aluno através de diferentes recursos, demonstrando novas maneiras de se conhecer arte e de assimilá-la.

3. Objetivo Geral

1. Analisar a seleta de poemas. Criar pontos específicos onde revelem a importância da obra e sua originalidade;
2. Fazer análise em diferentes veículos como o próprio livro e os recursos fotográficos;
3. Fazer com que o aluno saiba distinguir diferentes tipos de texto e linguagens;
4. Fazê-lo produzir textos mediante problemáticas encontradas;
5. Usar os conhecimentos adquiridos na produção de textos;
6. Fazer com que os alunos percebam a real importância da escrita, da leitura escrita e pictórica e da utilização de diferentes mídias.

4. Objetivos específicos de atitude

1. O aluno deverá valorizar a busca de informações, a convivência com os colegas, a integração de conhecimentos e a capacidade crítica;

2. Despertar o interesse do aluno para a utilização de diferentes recursos para a elaboração de seus trabalhos;

3. Criar conceitos que tragam os alunos a apresentações diferenciadas e com elaboração bem desenvolvida.

5. Critérios metodológicos e didáticos

Acreditamos que a utilização de recursos midiáticos só contribui para dar as aulas um requinte e uma diferenciação que já é solicitada por alunos e diretores escolares. Tais recursos podem oferecer possibilidades extras na aprendizagem, como: visualização de imagens e suas leituras, exposições fotográficas desenvolvidas em sala de aula, exposições de vídeos feitos por alunos sobre conteúdo aplicado, a utilização de internet como base bibliográfica, além da troca de informações entre eles e o professor.

A utilização de diferentes recursos para aperfeiçoar e melhorar a qualidade de ensino, fazendo com que a tecnologia e a informação que se renovam a cada momento também façam parte do dia-a-dia dos alunos.

E será através dessa idéia de comunicação, tecnologia e informação continua e aplicada que trabalharemos com a utilização de:

- Filmes;
- Transparências;
- Aulas expositivas;
- Músicas;
- Vídeos;
- Fotografias;
- Internet;
- Blogs;
- Palestras.

6. Bibliografia

• CAMARGOS, Márcia, Semana de 22, entre vaias e aplausos, São Paulo, Boitento Editorial, 2002
• CANDIDO, Antonio, Na sala de aula: cadernos de análise literária, 8ª Ed., - São Paulo: Ática, 2001
• LIMA, Jorge de, Poesia completa: volume único – Rio de Janeiro : Nova Aguilar, 1997.
• MASSAUD, Moisés, A análise literária – São Paulo : Cultrix, 2007
• Teresa revista de Literatura / área de Literatura Brasileira. Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo – nº3, São Paulo: Ed. 34, 2002


................................
OFICINA:



AS TECNOLOGIAS DIGITAIS COMO RECURSO DIDÁTICO




Disciplina: PRODUÇÃO DE TEXTOS/LITERATURA


Ementa: Língua e fala: conceitos e diferenças. A linguagem. A língua portuguesa. O discurso.


Conteúdo programático: Apresentação – introdução; Noção de texto; Descrição de pessoas ou objetos; Narração; Dissertação; Leitura e interpretação: Narrativas e poesias; Textos e as funções de linguagem; Características lingüísticas de alguns textos; Exercícios complementares.



1. Língua e fala


a. Conceitos
b. Diferenças e semelhanças


2. A linguagem


a. A linguagem verbal
b. A linguagem não-verbal
c. Interpretação de texto


3. A língua portuguesa


a. A gramática
b. Os vícios


4. O discurso


a. Discurso direto
b. Discurso indireto
c. Discurso indireto livre


Apresentação da proposta:


Esta Oficina tem como intuito levar o aluno (professor) a conhecer um pouco mais o universo literário de uma das mais importantes faces da literatura nacional – Clarice Lispector, através de seu livro A Hora da Estrela, induzindo o aluno a leitura e a compreensão de diferentes recursos midiáticos, como a utilização do blog como exercício de escrita, a fotografia como forma de interpretação e a criação de seus próprios vídeos para expor trabalhos.


Tema da Oficina:


A linguagem: Interpretação de texto - Exercício de fixação de conteúdo a partir de texto de Clarice Lispector; A Hora da Estrela (Romance); 3ª Fase do modernismo; Filme homônimo de Suzana Amaral


1. Conteúdo


Biografia: um pouco sobre a autora;


Obra – leituras de trechos do livro;
Contextualizar autora e época que viveu;
Estética: abordagens de aspectos pessoais da autora na obra.


2. Justificativa


Esse trabalho tem como base a preocupação de levar ao aluno diferentes processos de discernimento sobre a literatura, a leitura do livro em sala de aula, audições, a apresentação de fotos e do filme contribuíram para a formação intelectual do aluno através de diferentes recursos, demonstrando novas maneiras de se conhecer arte e de assimilá-la.


3. Objetivo Geral


1. Analisar o romance A Hora da Estrela, penúltimo romance e último livro publicado em vida pela autora brasileira. Criar pontos específicos onde revelem a importância da obra e sua originalidade;
2. Fazer analise em diferentes veículos como o próprio livro, o filme homônimo de Suzana Amaral, o CD/livro e os recursos fotográficos;
3. Fazer com que o aluno saiba distinguir diferentes tipos de texto e linguagens;
4. Fazê-lo produzir textos mediante problemáticas encontradas;
5. Usar os conhecimentos adquiridos na produção de textos;
6. Fazer com que os alunos percebam a real importância da escrita, da leitura escrita e pictórica e da utilização de diferentes mídias.


4. Objetivos específicos de atitude


1. O aluno deverá valorizar a busca de informações, a convivência com os colegas, a integração de conhecimentos e a capacidade crítica;
2. Despertar o interesse do aluno para a utilização de diferentes recursos para a elaboração de seus trabalhos;
3. Criar conceitos que tragam os alunos a apresentações diferenciadas e com elaboração bem desenvolvida.


5. Critérios metodológicos e didáticos


A utilização da tecnologia em sala de aula a cada dia vem se mostrando cada vez mais importante e urgente, dado aos avanços tecnológicos e a facilidade com que o aluno se encontra em lidar com esses recursos, informática, internet, vídeos, fotos, músicas e o próprio celular que deixou de ser apenas um telefone móvel.


Acreditamos que a utilização de recursos midiáticos só contribui para dar as aulas um requinte e uma diferenciação que já é solicitada por alunos e diretores escolares, tais recursos podem oferecer possibilidades extras na aprendizagem como: visualização de imagens e suas leituras, exposições fotográficas desenvolvidas em sala de aula, exposições de vídeos feitos por alunos sobre conteúdo aplicado, a utilização de internet como base bibliográfica em aula, e os blogs como cadernos digitais onde os alunos podem expor suas criações e experiências, além da troca de informações entre eles e o professor.


A Professora Doutora Maria Cristina Castilho Costa diz em seu texto – Endocomunicador é preciso que há uma relação estreita entre comunicação e educação, e diz mais:


A quantidade de informação e conhecimento de mundo moderno exige que o professor redimensione seus currículos e estabeleça prioridades. Mais importante é ensinar a pensar e a conhecer do que transmitir conteúdos determinados por uma grade curricular.


Isso apenas reforça a idéia da utilização de diferentes recursos para aperfeiçoar e melhorar a qualidade de ensino, fazendo com que a tecnologia e a informação que se renovam a cada momento também façam parte do dia a dia dos alunos.


E será através dessa idéia de comunicação, tecnologia e informação continua e aplicada que trabalharemos com a utilização de:


- Filmes;
- Transparências;
- Aulas expositivas;
- Músicas;
- Vídeos;
- Fotografias;
- Internet;
- Blogs;
- Palestras.


6. Critérios de avaliação (Possíveis)


- Avaliação Continua: Participação e Desenvolvimento;
- Avaliação Produtiva: Trabalhos em sala de aula, Atividades para casa, Pesquisas para entrega etc;
- Avaliação Bimestral: Sobre o conteúdo visto em sala de aula.


7. Bibliografia


LISPECTOR, Clarice, A hora da estrela – Rio de Janeiro: ROCCO, 2006. Acompanha CD/Duplo com a obra na integra.


Site da autora: http://www.claricelispector.com.br/


Endocomunicador é Preciso - Maria Cristina Castilho Costa http://www.usp.br/nce/wcp/arq/textos/7.pdf

................................

OFICINA:
Oficina – Cobra Norato de Raul Bopp ao grupo Giramundo: Arte e literatura em sala de aula

Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA, PRODUÇÃO DE TEXTOS, ARTE E COMUNICAÇÃO E LITERATURA

Ementa: Língua e fala: conceitos e diferenças. A linguagem. A língua portuguesa. Literatura, Teatro.

Conteúdo programático: Apresentação – introdução; Noção de texto; Descrição de pessoas ou objetos; Narração; Dissertação; Leitura e interpretação: Narrativas e poesias; Textos e as funções de linguagem; Características lingüísticas do texto apresentado; trabalho corporal e criação de teatro de marionetes; Exercícios complementares.

1. A língua portuguesa

a. A gramática
b. Variação lingüística

2. A linguagem

a. A linguagem verbal
b. A linguagem não-verbal
c. Interpretação de texto
d. Ideologia

3. Literatura

a. O Modernismo
b. Estética Modernista
c. Autores Modernistas

4. Teatro

a. Construção de peça teatral
b. Compreensão do texto
c. Trabalho corporal
d. Criação de marionete

Apresentação da proposta:

Esta Oficina tem como intuito levar o aluno (professor) a conhecer um pouco mais o universo literário de uma das mais importantes faces da literatura nacional – Raul Bopp, através de seu livro Cobra Norato, e também apresentar ao aluno diferentes formas de compreensão de seu texto, dando como exemplo o grupo Giramundo e o teatro Cobra Norato vinculado na Tv escola, induzindo o aluno a leitura e a abrangência de diferentes recursos, como o teatro, exercício de escrita, montagem e interpretação com a utilização de marionetes. Além, claro, do entendimento e assimilação do universo folclórico que circunda a obra do escritor gaúcho.

Tema da Oficina:

Oficina – Cobra Norato de Raul Bopp ao grupo Giramundo: Arte e literatura em sala de aula; 1ª Fase do modernismo; Criação da peça teatral e marionetes

1. Conteúdo

• Biografia: um pouco sobre o autor;
• Obra – leituras de trechos do livro;
• Contextualizar autor e época que viveu;
• Estética: abordagens de aspectos do movimento modernista na obra;
• Apresentação do grupo teatral Giramundo;
• História do grupo e obras produzidas;
• Estética: observação e assimilação de materiais utilizados nas obras.

2. Justificativa

Esse trabalho tem como base a preocupação de levar ao aluno diferentes processos de discernimento sobre a literatura, a leitura do livro em sala de aula, audições, a apresentação de fotos e de vídeos contribuirão para a formação intelectual do aluno através de diferentes recursos, demonstrando novas maneiras de se conhecer arte e de assimilá-la.

3. Objetivo Geral

1. Analisar o poema Cobra Norato, principal obra do autor brasileiro. Criar pontos específicos onde revelem a importância da obra e sua originalidade;
2. Fazer análise em diferentes veículos como o próprio livro, os vídeos, CD e os recursos fotográficos;
3. Fazer com que o aluno saiba distinguir diferentes tipos de texto e linguagens;
4. Fazê-lo produzir textos mediante problemáticas encontradas;
5. Usar os conhecimentos adquiridos na produção de textos;
6. Fazer com que os alunos percebam a real importância da escrita, da leitura escrita e pictórica e de sua utilização;
7. Compreender a importância do teatro, e de como esse veículo artístico pode contribuir para elaborações de belos trabalhos escolares/acadêmicos;
8. Criação livre e independente de tipos, personagens, roteiros e apresentações.
9. Compreensão do universo folclórico brasileiro.

4. Objetivos específicos de atitude

1. O aluno deverá valorizar a busca de informações, a convivência com os colegas, a integração de conhecimentos e a capacidade crítica;
2. Despertar o interesse do aluno para a utilização de diferentes recursos para a elaboração de seus trabalhos;
3. Criar conceitos que tragam os alunos a apresentações diferenciadas e com elaboração bem desenvolvida.

5. Critérios metodológicos e didáticos




01/03/2017
Em Julho de 2017 No Congresso de Ciências da Religião, promovido pela Puc, Flávio Mello lançará sua Dissertação de Mestrado em livro, o pré-lançamento se dará no decorrer do Congresso em Minas Gerais - BH, depois em outras cidades. Lançamento oficial em São Paulo. em breve maiores informações.

01/03/2017
Leve o Escritor, Palestrante e Professor Flávio Mello para sua cidade, Universidade, Escola ou Espaços Culturais - o autor tem em seu repertório inúmeras palestras e bate-papos sobre Educação, Literatura e Arte. saiba mais pelo blog

Para ler / ver

.

.

Web hosting for webmasters