.

O PILÃO


ou canto ao tempo

Na entrada do casebre ergueu a barra do vestido à altura dos joelhos e sentou-se num dos três degraus debaixo da alpendrada, despejou os grãos dentro do pilão e o acomodou entre as grossas e torneadas coxas. Socando e torcendo enquanto o suor lhe umedecia o peito despertando um par de mamilos agudos e delicados, assim, cantarolava cantigas que aprendera com a avó materna escrava de um ontem meio que distante, porém tão próximo que ela, neta delgada, morena jambo, entardecer sobre mobília de jacarandá polido, ainda guarda nas costas as marcas da infância de grilhões e pelourinho.

Esmigalha os grãos já torrados e selecionados, o som do pilão é uníssono, assim como todo entardecer antes de ser engolido pelo lago e pela mata, assim como o cantar das lavadeiras, o som se perpetua fazendo-se parte de um coro de maritacas e araras azuis em revoada, o som das chinelas (em revoada) se empalham pela cozinha, a água no fogão a lenha borbulha, o som típico denuncia o tempo, estalos da madeira verde.

Apanha o coador de saco num armário de cor rosa descascado, despeja o pó dos grãos de café por ela moído, despeja a água fervente e a tintura escorre para dentro de uma chaleira improvisada, sente dentre o aroma do café o cheiro da pesca, ouve entre os cantos dos pássaros o som do remo, sente o toque delicado da chalana no pequeno cais na beira do lago, sente o braço peludo e musculoso do pescador lhe agarrar por trás, sente o fluido escorrer por entre as pernas, já que calçolas não usava, sente os dedos grossos e sisudos percorrerem os pêlos eriçados, o aroma do café adentra a narina aberta, a barba roçando a nuca, o contorcer do pilão e as duas cinturas se unem, sente o membro rijo tocar-lhe as nádegas úmidas, sente o gosto da língua, da cachaça, um desmaio, um breve e delicado desmaio, e, desperta na cama ouvindo o som do remo, e, o canto da maritaca se distanciando, se distanciando, se distanciando em revoada.



o conto O Pilão fez parte da coletânea de autores Entrelinhas, Andross Editora


0 comentários to "O PILÃO"

Postar um comentário

Lembre-se o que você lê aqui é real apenas no mundo da ficção.
Seja humano e trate a Arte com humanidade.



01/03/2017
Em Julho de 2017 No Congresso de Ciências da Religião, promovido pela Puc, Flávio Mello lançará sua Dissertação de Mestrado em livro, o pré-lançamento se dará no decorrer do Congresso em Minas Gerais - BH, depois em outras cidades. Lançamento oficial em São Paulo. em breve maiores informações.

01/03/2017
Leve o Escritor, Palestrante e Professor Flávio Mello para sua cidade, Universidade, Escola ou Espaços Culturais - o autor tem em seu repertório inúmeras palestras e bate-papos sobre Educação, Literatura e Arte. saiba mais pelo blog

Para ler / ver

.

.

Web hosting for webmasters